String Art

Arte com linhas...

Célula Vegetal

Confira a criação estrutural dessas células a partir de grãos...

OBI - 2015

Confira o gabarito oficial da Olimpíada Brasileira de Informática - 2015...

OBMEP - 2015

Veja a lista de classificados para a 2ª Fase da OBMEP...

Matix

Não deixe de conferir este jogo de habilidades lógicas...

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Caricatura


"Caricatura é um desenho de um personagem da vida real, tal como políticos e artistas. Porém, a caricatura enfatiza e exagera as características da pessoa de uma forma humorística, assim como em algumas circunstâncias acentua gestos, vícios e hábitos particulares em cada indivíduo.
Historicamente a palavra caricatura vem do italiano caricare (carregar, no sentido de exagerar, aumentar algo em proporção).
A caricatura é a "mãe" do expressionismo, onde o artista desvenda as impressões que a índole e a alma deixaram na face da pessoa.
A distorção e o uso de poucos traços são comuns na caricatura. Diz-se que uma boa caricatura pode ainda captar aspectos da personalidade de uma pessoa através do jogo com as formas. É comum sua utilização nas sátiras políticas; às vezes, esse termo pode ainda ser usado como sinônimo de grotesco (a imaginação do artista é priorizada em relação aos aspectos naturais) ou burlesco."
Fonte: (Wikipédia)

Nas aulas de Arte os alunos das 8ª Séries 01 e 02 com tutoria da Professora Wanessa estudaram o tema através de aulas expositivas que a Professora lhes apresentou, com conteúdos interativos em vídeos e apresentações de slides, abordando a origem, características, exemplos famosos, aspectos gerais entre outros fatores que compreendem o tema Caricatura.
Na sequência, juntamente com a Professora Articuladora da Sala Informatizada, a Professora Wanessa selecionou um site que serviria de ferramenta para as criações das próprias caricaturas dos alunos destas turmas. 
Aos alunos que trouxeram ou foram fotografados pelas professoras, tiveram suas fotos disponibilizadas nos computadores da Sala Informatizada, e através do site KMKM elaboraram de forma irreverente e divertida suas caricaturas.

Vejam que bacana o resultado:
(Para ampliar clique na imagem)



quinta-feira, 27 de junho de 2013

Histórico de Tijucas

"Tijucas é um município brasileiro do Estado de Santa Catarina. Localiza-se a uma latitude 27º14'29" sul e a uma longitude 48º38'01" oeste, estando a uma altitude de 2 metros. Sua população estimada em 2008 era de 29.122 habitantes. Possui uma área de 278,91 km².
Tijucas (na época São Sebastião da Foz do Rio Tijucas) recebeu status de município pela lei provincial n.º 464 de 4 de abril de 1859."
Fonte: Wikipédia

As turmas de 8ª Série 01 e 02 juntamente com sua Professora Denise nas aulas de História, realizaram uma pesquisa de dados históricos e informações sobre a cidade de Tijucas/SC, onde abordaram os seguintes aspectos sobre a cidade onde vivem:


  • Cultura;
  • Localização;
  • Aspectos Gerais;
  • Atividades Econômicas;
  • Bairros e Localidades.


Veja a exposição que realizaram:



terça-feira, 25 de junho de 2013

Renascimento - Histórina

"Renascimento, período da história européia caracterizado por um renovado interesse pelo passado greco-romano clássico, especialmente pela sua arte. O Renascimento começou na Itália, no século XIV, e difundiu-se por toda a Europa, durante os séculos XV e XVI. 

A fragmentada sociedade feudal da Idade Média transformou-se em uma sociedade dominada, progressivamente, por instituições políticas centralizadas, com uma economia urbana e mercantil, em que floresceu o mecenato da educação, das artes e da música. 

O termo “Renascimento” foi empregado pela primeira vez em 1855, pelo históriador francês Jules Michelet, para referir-se ao “descobrimento do Mundo e do homem” no século XVI. O historiador suíço Jakob Burckhardt ampliou este conceito em sua obra A civilização do renascimento italiano (1860), definindo essa época como o renascimento da humanidade e da consciência moderna, após um longo período de decadência. 

O Renascimento italiano foi, sobretudo, um fenômeno urbano, produto das cidades que floresceram no centro e no norte da Itália, como Florença, Ferrara, Milão e Veneza, resultado de um período de grande expansão econômica e demográfica dos séculos XII e XIII. 

Uma das mais significativas rupturas renascentistas com as tradições medievais verifica-se no campo da história. A visão renascentista da história possuía três partes: a Antigüidade, a Idade Média e a Idade de Ouro ou Renascimento, que estava começando. 

A idéia renascentista do humanismo pressupunha uma outra ruptura cultural com a tradição medieval. Redescobriram-se os Diálogos de Platão, os textos históricos de Heródoto e Tucídides e as obras dos dramaturgos e poetas gregos. O estudo da literatura antiga, da história e da filosofia moral tinha por objetivo criar seres humanos livres e civilizados, pessoas de requinte e julgamento, cidadãos, mais que apenas sacerdotes e monges. 

Os estudos humanísticos e as grandes conquistas artísticas da época foram fomentadas e apoiadas economicamente por grandes famílias como os Medici, em Florença; os Este, em Ferrara; os Sforza, em Milão; os Gonzaga, em Mântua; os duques de Urbino; os Dogos, em Veneza; e o Papado, em Roma. 

No campo das belas-artes, a ruptura definitiva com a tradição medieval teve lugar em Florença, por volta de 1420, quando a arte renascentista alcançou o conceito científico da perspectiva linear, que possibilitou a representação tridimensional do espaço, de forma convincente, numa superfície plana..."
(Fonte: História do Mundo)

Leia mais sobre o tema em: 
Info Escola
Info Escola - Renascimento Italiano

Os alunos das turmas do 7º Ano 01 e 02 juntamente com a Professora Denise estudaram este tema nas aulas de História, e realizaram diversas pesquisas sobre influências renascentista e ascensão de grandes nomes que marcaram a história cultural, artística, científica e física do mundo. Após estudos e coleta de dados pesquisados os alunos foram organizados em duplas e elaboraram cartazes que contam um pouco da história desses importantes inventores, criadores, escritores, pintores, entre tantos outros...

Veja o resultado exposto:






Reflexões sobre o Brasil Atualmente

Um novo tempo

"Estamos vivendo um momento histórico. Não, o Brasil não acordou agora. O brasileiro consciente está acordado há tempos, se indignando com tantas coisas erradas, inconformado com a ousadia das pessoas que lideram politicamente nosso país, revoltado com a audácia de cometerem tantos crimes diante de nossos narizes sem se importarem - como se fôssemos inúteis letárgicos que nunca reagiríamos -.
Ledo engano dos maus governantes da nossa nação. E disse nossa, porque é NOSSA, e não apenas deles como imaginavam e, infelizmente, como uma parte do nosso povo ainda acredita. 
O brasileiro veio se conscientizando com o tempo que pagamos os maiores impostos do mundo, sendo dos países mais desiguais do Globo terrestre!
É para se exultar de alegria. Se não perdermos o foco, se esses protestos seguirem a cada ato desmedido, a cada votação hedionda - como a pec 37 ou aumentos dos próprios salários e cortes nos dos educadores - se nosso povo realmente se manter erguido e gritar a cada falcatrua dos péssimos dirigentes que temos, o Brasil seguirá no caminho do bem, de um país justo e bom para se viver. 
É um momento histórico. O impeachment do Collor também entrou para a história, mas comparado ao que pode ser este o momento atual é um fato menor, mais infantil. Aquele ato foi claramente controlado pela mídia, que ainda tinha um poder total sobre a massa. O que vemos hoje partiu da própria população e, numa incrível diferença, com crítica agressiva a vários setores da mídia que tentaram manipular novamente o povo. Neste ponto enorme agradecimento às redes sociais que mostram a verdade num mundo onde cada câmera em celular transforma o cidadão em próprio repórter dos acontecimentos. 
Uma boa metáfora "o gigante despertou", mas não é real. O gigante despertara há muito tempo, é que só agora resolveu agir. 
Vida longa, gigante!"
Esta crônica é de Wolber Campos e pode ser encontrada em: Cronicas de Um Brasileiro

A crônica acima é para enfatizar e brevemente sintonizar os leitores e conectados.
Pois, diante de todos os atos e manifestos que nosso país vem apresentando, todos os fatos que levam jovens, adultos e idosos às ruas em busca de respostas condizentes à atual conjuntura política e social de nosso País, sabemos que todos almejam mais dignidade, justiça e melhores condições de vida!
Sendo assim, não é possível ficar alheio ao tema em nossa unidade escolar, os alunos das turmas de 7º Ano 01 e 8ª Série 02, juntamente com a Professora Denise nas aulas de Ensino Religioso elaboraram um mural com questões que abordam o real desejo dos cidadãos e visão do Brasil Atual sob suas perspectivas.

Vejam os resultados:
 (Clique na Imagem para ampliar)

 

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Mural Junino!


Mural da nossa unidade escolar para comemorar as festas de Junho e Julho, popularmente conhecidas como festas Junina e Julhina, onde a tradição, costumes, danças e culinária caipira são relembrados e comemoramos os dias dos Santos: Santo Antônio, São Pedro e São João.

Nosso Arraiá está chegando!
Preparem-se para a festança!

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Dia da Música


"No dia 21 de junho comemora-se o Dia da Música. A origem do termo vem do grego, “Mousikê”, que significa “arte das musas”, inspiração para todas as manifestações mitológicas e de cultura grega. Por esse motivo, incluía-se a poesia e a dança também, que tinham em comum com a música o ritmo. 

É difícil precisar como surgiu a música, ou em qual momento o ser humano passaram a utilizar instrumentos para extrair sons, ritmo e melodias. Embora alguns estudos indiquem que a música tenha surgido na era paleolítica e que tenha tido como ponto de partida a observação de sons da natureza. Ao contrário de outras manifestações primitivas da arte, como as pinturas que ficavam gravadas nas cavernas, a música não podia ser registrada. Sendo assim, a data do nascimento dessa forma de expressão continua sendo um mistério.

Porém, é indiscutível que desde a antiguidade a música marca a história do homem, sempre presente em diversas situações. A música sempre embalou desde rituais religiosos até festivos e profanos. Por um longo tempo, a música acompanhou a literatura, movimento que perdurou até o período medieval, quando as cantigas tinham ritmos marcados por instrumentos, como a lira, além do próprio canto do trovador. Atualmente, a música assume novas funções, servindo de instrumento para terapias alternativas da psicologia ou mesmo como objeto de estudo de muitos pesquisadores.

A música, considerada uma forma de arte por seu ideal de representação da antiga Grécia , pode ser subdividida em gêneros e subgêneros:
erudita - forma considerada pelos clássicos como a representação perfeita da inteligência humana através de instrumentos; 
popular; religiosa; ou ainda folclórica – conceituação mais particular sobre essa arte, pois cada país, povo ou etnia imprime as próprias características de diversos aspectos sociais.

Portanto, a “Mousikê” pode também ser sublinhada como manifestação dos sentimentos da alma, sendo a manifestação estética concreta do emocional. Por seu ideal helênico de representação, a música é considerada uma forma de arte. Por ser um canal efetivo de comunicação, alguns críticos também sublinham a atividade musical como meio de transmissão e recepção de determinadas mensagens e contextos."
(Fonte: Porto Web - Datas Comemorativas)

Lei mais em: Smartkids

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Inverno


quarta-feira, 19 de junho de 2013

Fotografia Sequencial

"Fotografia em sequência é a técnica de fotografar uma série de imagens em que o sujeito é capturado em movimentos sucessivos na mesma cena. 
A fotografia sequencial é uma maneira muito bacana, quase artística, de transmitir o movimento  em uma imagem estática.
Ainda no mesmo contexto podemos lembrar do fotógrafo Eadweard Muybridge, autor da maior pesquisa de fotografia sequencial já realizada. Seu  trabalho foi considerado um marco para o desenvolvimento das técnicas do cinema de animação, sendo utilizado até hoje como referência para diversos animadores."

Os Alunos das turmas 8ª 01 e 02 juntamente com a Professora Wanessa que leciona a disciplina de Arte, estudaram o tema movimento e realizaram um trabalho para demonstrar como funciona a fotografia sequencial, que dá a falsa impressão de movimento as cenas estáticas.

Veja o resultado:




terça-feira, 18 de junho de 2013

Meio Ambiente

"O meio ambiente, comumente chamado apenas de ambiente, envolve todas as coisas vivas e não vivas que ocorrem na Terra, ou alguma região dela, que afetam os ecossistemas e a vida dos humanos. É o conjunto de condições, leis, influências e infraestrutura de ordem física, química e biológica, que permite, abriga e rege a vida em todas as suas formas.
...
O ambientalismo é um largo movimento político, social, e filosófico que advoca várias ações e políticas com interesse de proteger a natureza que resta no ambiente natural, ou restaurar ou expandir o papel da natureza nesse ambiente.
Objetivos geralmente expressos por cientistas ambientais incluem:


  • Redução e limpeza da poluição, com metas futuras de poluição zero;
  • Reduzir o consumo pela sociedade dos combustíveis não-renováveis 28 ;
  • Desenvolvimento de fontes de energia alternativas, verdes, com pouco carbono ou de energia renovável;
  • Conservação e uso sustentável dos escarsos recursos naturais como água, terra e ar;
  • Proteção de ecossistemas representativos ou únicos;
  • Preservação de espécie em perigo ou ameaçadas de extinção;
  • O estabelecimento de reservas naturais e biosferas sob diversos tipos de proteção; e, mais geralmente, a proteção da biodiversidade e ecossistemas nos quais todos os homens e outras vidas na Terra dependem.

Grandiosos projetos de desenvolvimento - megaprojetos - colocam desafios e riscos especiais para o ambiente natural. Grandes represas e centrais energéticas são alguns dos casos a citar. O desafio para o ambiente com esses projetos está aumentando porque mais e maiores megaprojetos estão sendo construídos, em nações desenvolvidas e em desenvolvimento."
(Fonte: Wikipédia)


Os Alunos do 4º Ano 01 juntamente com a professora de turma Maria, estudaram este tema e elaboraram lindas maquetes para representar o meio ambiente e a importância de preservá-lo.

Veja o material exposto:



Modernismo

"O modernismo foi um movimento literário  e artístico do início do séc. XX, cujo objetivo era o rompimento com o tradicionalismo (parnasianismo, simbolismo e a arte acadêmica), a libertação estética, a experimentação constante e, principalmente, a independência cultural do país. Apesar da força do movimento literário modernista  a base deste movimento se encontra nas artes plásticas, com destaque para a pintura.
No Brasil, este movimento possui como marco simbólico a Semana de Arte Moderna, realizada em 1922, na cidade de São Paulo, devido ao Centenário da Independência. No entanto, devemos lembrar que o modernismo já se mostrava presente muito antes do movimento de 1922. As primeiras mudanças na cultura brasileira que tenderam para o modernismo datam de 1913 com as obras do pintor Lasar Segall; e no ano de 1917, a pintora Anita Malfatti , recém-chegada da Europa, provoca uma renovação artística com a exposição de seus quadros. A este período chamamos de Pré-Modernismo (1902-1922), no qual se destacam literariamente, Lima Barreto, Euclides da Cunha, Monteiro Lobato e Augusto dos Anjos; nesse período ainda podemos notar certa influência de movimentos anteriores como realismo/naturalismo, parnasianismo e simbolismo."
(Fonte: Info Escola)

Os Alunos das 8ª séries 01 e 02 juntamente com a Professora Denise estudaram e trabalharam este tema em suas aulas de História, dando ênfase à grandes nomes da Literatura e Arte Brasileira, os mesmos realizaram pesquisas na Sala Informatizada enfocando: a biografia de determinados autores e artistas, como também suas obras e imagens que representassem este movimento, na sequência elaboraram uma pequena Mostra dos dados coletados.

Veja como ficaram os resultados:





segunda-feira, 17 de junho de 2013

Festas de Junho

"As festas juninas são na sua essência multiculturais, embora o formato com que hoje as conhecemos tenha tido origem nas festas dos santos populares em Portugal: Festa de Santo Antônio, Festa de São João e a Festa de São Pedro e São Paulo principalmente.

A música e os instrumentos usados, cavaquinho, sanfona, triângulo ou ferrinhos, reco-reco, etc, estão na base da música popular e folclórica portuguesa e foram trazidos para o Brasil pelos povoadores e imigrantes do país irmão. 

As roupas 'caipiras' ou 'saloias' são uma clara referência ao povo campestre, que povoou principalmente o nordeste do Brasil e muitíssimas semelhanças se podem encontrar no modo de vestir 'caipira'.

É geralmente comemorada dia 24 de Junho, mas pode ocorrer durante todo o mês de junho em diferentes dias!"
(Fonte: Wikipédia)

Os alunos do 7º Ano 01 juntamente com a Professora Wanessa nas aulas de Arte, utilizaram vários materiais para montarem uma representação das Festas Juninas!

Veja o resultado:




quinta-feira, 13 de junho de 2013

Aniversário de Tijucas

 Nossa cidade comemora neste dia 13 de Junho 153 anos de História...
Todos da nossa unidade escolar parabenizam o povo e ao município por esta importante data!

terça-feira, 11 de junho de 2013

Festa do Divino - Ensino Religioso

Trabalhar manifestações religiosas nem sempre envolvem somente o lado da devoção e admiração à determinado segmento religioso.
Podem ser coletados dados históricos, culturais e tradições de um povo. 
Neste sentindo os alunos das turmas de 8ª séries e 7º Ano trabalharam juntamente com a Professora Denise nas aulas de Ensino Religioso a Tradicional Festa do Divino Espírito Santo de Tijucas/SC. 


Observe os resultados dos dados pesquisados:
(Clique na imagem para visualizar em tamanho grande)




O Amor está no ar...

No sorteio da rifa que premiou uma cesta em comemoração ao Dia dos Namorados promovido pela 8ª série 02, a contemplada foi nossa Professora Denise!
Parabenizamos a mesma por este momento e aproveitamos para desejamor a todos os enamorados um 
Feliz Dia dos Namorados!




Boas Maneiras na Idade Média e Atualidade

"Boas Maneiras, é a essência da boa educação. Um bom relacionamento depende, e muito, do nosso comportamento social. Há uma gama imensa de normas a seguir:

  • Devemos ser corteses em sociedade e no lar.
  • Há fórmulas de cumprimentar e conviver.
  • Não queremos ser amigos de todos, guardamos este sentimento para aqueles que temos afinidades.
  • Ser franco demais é errado.
  • A franqueza é a maneira mais fácil e certa de ser desagradável.
  • Guardamos a franqueza para os íntimos, mas espere que a pessoa lhe peça opiniões sinceras.
  • A cortesia causa prazer e não nos compromete, mas não devemos exagerar.
  • Quando se é cortês e amável a nossa presença só causará prazer.
Exemplo: "Obrigado, desculpem-me, por favor". Outro exemplo, ceder a cadeira para uma senhora, etc.

Leia mais sobre as seguintes regras clicando nos links:"
Fonte: Portal Brasil
Leia mais em: Boas Maneiras

Os alunos do 7º ano 01 e 02 juntamente com a Professora Denise que leciona a disciplina de História tiveram como tema de estudo a Idade Média e fazendo uma análise do modo de vida das pessoas do período medieval estudaram um documento de "boas maneiras de um nobre feudal" e decidiram então comparar com as boas maneiras de nossa sociedade atual.

Utilizando a Sala Informatizada coletaram as informações necessárias e realizaram uma exposição oral e escrita em sala de aula dos conteúdos.




Animais Pré-Históricos

QuetzalcoatlusDunkleosteus terrelliPlesiossauroArchaeopteryxEntelodonMegatherium americanumMamuteVelociraptorTiranossauro rex
"Na sua tentativa de reconstruir o passado da vida, o homem têm como seu objetivo compreender e interpretar esse passado, além de estabelecer seu relacionamento com o presente.  Para isso, os paleontólogos utilizam fósseis como objeto de estudo, os quais permitem conhecer a vida em outras épocas.
Fósseis, em um sentido mais amplo, são quaisquer vestígios deixados por seres vivos. 
Se você colocar a sua mão em uma camada de lama e depois retirá-la e, por um milagre ela resistir ao tempo, você também terá um fóssil.  Muitas pessoas pensam que o registro fóssil é caracterizado apenas por ossos fossilizados, porém, não é assim.  
Discussões à parte, o importante é que existem fósseis. Através destes, podemos contemplar a beleza que havia antigamente no planeta Terra, bem como valorizar ainda mais a beleza existente."
Leia mais em: Mistérios do Mundo

Os alunos do 6º ano 01 e 02 estudaram a Pré História, e numa das visitas à Sala Informatizada tiveram a oportunidade de pesquisar os animais que existiram na pré história e foram extintos.

Aproveitaram e realizaram uma pesquisa sobre animais que atualmente encontram-se ameaçados de extinção.
Observaram e confirmaram que se o ser humano não tomar consciência da preservação do meio em que vive muitas especies e seres vivos irão desaparecer totalmente do planeta terra.

Ao retornarem a sala de aula os alunos fizeram uma exposição representada em desenhos, conforme observaram nas imagens da pesquisa, dos animais extintos na pré história.